Passageiro fuma durante voo e o MPF denuncia!

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou um passageiro que, no dia 17 de agosto de 2018, expôs aeronave comercial a perigo ao fumar em seu interior, em pleno voo.

O passageiro embarcou em Brasília no voo 1760 da Companhia Gol Linhas Aéreas, rumo a Palmas, e acendeu um cigarro cerca de 20 minutos após a decolagem. Mesmo sendo advertido pela tripulação e por outros passageiros, o acusado persistiu e continuou fumando na aeronave em voo.

Ao ser abordado de forma mais incisiva, permaneceu alterado e provocou tumulto.

Para o MPF, o passageiro expôs a aeronave a risco de incêndio e, consequentemente, à queda, mesmo depois de advertido.

Ele pode ser enquadrado no artigo 261 do Código Penal, que prevê pena de reclusão de dois a cinco anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.