70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Em 10 de dezembro de 1948, a Organização das Nações Unidas promulgava a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A Carta, além de representar uma resposta incisiva às atrocidades cometidas durante duas guerras mundiais, também dava um grande passo à garantia de direitos para qualquer ser humano.

O caráter universal foi um grande marco, envolvendo diversas nações a um só ideário: os direitos fundamentais inerentes à condição humana.

A luta por esses direitos deve ser incessante. Existem avanços. Contudo, os números de violência são alarmantes. Especialmente, quando envolvemos questões de gênero e LGBTQ+. De acordo com a ONU Brasil, 87 mil mulheres no mundo foram vítimas de homicídio em 2017, desse número, 50 mil foram mortas por parceiros íntimos ou parentes. Para o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), nós estamos estagnados no progresso da defesa das mulheres no ambiente doméstico.

A data deve ser vista muito mais que um dia de celebração, que seja, especialmente, de reflexão.

Confira o ESPECIAL produzido pelo Senado Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.