Universidades federais do Norte e do Nordeste terão mestrado em Direito

As universidades federais do Amazonas (Ufam), do Piauí (UFPI) e Rural do Semi-Árido (Ufersa), no Rio Grande do Norte, receberam autorização do Ministério da Educação para oferecer mestrado em Direito.

As três são consideradas exemplos de instituições que estão no centro da política atual da Coordenação de Área do Direito da Capes, liderada pelo professor Otavio Luiz Rodrigues Jr. Segundo ele, a regionalização é uma das principais bandeiras de sua gestão.

“Os cursos foram aprovados sem qualquer concessão formal. Atenderam-se todos os requisitos exigidos pela Capes. Com isso se comprovou que é possível, dentro do marco regulatório existente, reduzir as grandes assimetrias regionais. A única diferença está no olhar orientado para compreender as peculiaridades dessas áreas, com poucos docentes e com dificuldades econômicas sensíveis”, afirma.

Conforme a Capes, neste ano foram aprovados, em números relativos, mais cursos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do que nas regiões Sul e Sudeste, onde há maior concentração de programas de pós-graduação no país.

Fonte: ConJur – Gabriela Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.