Reclamante que alegou fato diverso do narrado em outro processo é condenado

A juíza do Trabalho Janice Bastos, da 1ª vara de Criciúma/SC, condenou um reclamante em má-fé, ao constatar que o autor alegou na inicial contra o Banco Votorantim e a BV Financeira fato oposto ao que havia declarado em depoimento no processo de uma das suas testemunhas. As testemunhas também foram condenadas a pagar multa.

Ao julgar parcialmente procedente a reclamação trabalhista, a magistrada anotou na decisão que autor agiu com deslealdade processual ao tentar alterar a realidade dos fatos.

Que fique registrado, nesta oportunidade, o repúdio desta Magistrada à conduta da parte autora que, por certo, tem a Justiça do Trabalho não como uma ferramenta de busca da Justiça, mas sim uma forma de obter benefícios indevidos.”

Janice Bastos condenou o reclamante a pagar multa correspondente a 9% do valor atribuído à causa (R$ 35 mil).

As testemunhas deverão pagar multa de 2% sobre o valor da causa.

Veja a decisão.

Fonte: Migalhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.